Itens compartilhados de Juliano

sábado, 2 de agosto de 2008

Calor...

Até a semana passada, choveu muito por aqui. Como as chuvas de verão de São Paulo que alagam uma boa parte da cidade. E não só isso é parecido como também o fato de que, em ambas as metrópoles, as regiões alagadas são as regiões mais pobres e de periferia. Como eu estou em um ponto nobre da cidade, a Universidade, isso não acontece, além do que as universidades na Coréia são normalmente construídas em montanhas (talvez pela falta de espaço para um câmpus grande), e montanhas são um pouco difícil de serem inundadas...
Até aí, tudo bem. O que está pegando é o calor... estamos mais uma vez no período mais quente do ano... já havia escrito sobre isto no ano passado: os chamados "bok". Por volta do mês de agosto, de acordo com a marcação do tempo tradicional e milenar que segue o calendário lunar, existem 3 períodos: bok inicial, bok intermediário e bok final, mais ou menos com 10 dias cada um. E agora, estamos nos aproximando do último bok, que é o período mais quente do ano e é a época de se tomar sopa! O que é uma tradição coreana de combater o calor com comidas quentes. A sopa tradicional é a sopa de cachorro, mas, com o passar do tempo, essa sopa vem sendo substituída pela sopa de frango com ginseng. Poucos jovens ainda se arriscam a comer "au-au", como eles dizem aqui. Fazem isso porque a palavra para cachorro (개, kae), e a palavra para caranguejo (게, ke), apesar de serem escritas de forma diferente são pronunciadas da mesma forma. Para diferenciar dizem "ke que anda de lado" (caranguejo) e "(ke) au-au" (cachorro de comer). Ah, e a propósito, "au-au" em coreano é mong-mong (몽몽).
E, com o calor, chegam as cigarras... em milhões e ficou cantando, piando, gritando, zunindo... sei lá qual é o verbo usado para cigarras. Bem, nada como a internet, né? Acabei de perguntar para o Google qual é o som das cigarras e ele me mandou pra página do dicionário Michaelis que nos informa o seguinte: "Cigarra - cantar, chiar, chichiar, ciciar, cigarrear, estridular, estrilar, fretenir, rechiar, rechinar, retinir, zangarrear, zinir, ziziar, zunir." As daqui fazem isso tudo ao mesmo tempo! Chega a um ponto que nem se ouve mais, o cérebro se acostuma com o ruído e o filtra, por uma questão de sobrevivência.
Banho não adianta... Mesmo com banho frio, passam alguns minutos e já se está todo suado. Porta aberta também não. O ar é quente tanto dentro quanto fora. É um calor absurdo. E eu não gosto de calor. Agora que eu comprei minha bicicletinha nova, não posso usá-la pois 5 minutos de pedaladas já são o suficiente para me desidratar... de tanto suor. Ai, ai...
Paciência. Mais um mês, e o tempo começa a refrescar e a ficar mais suportável... Não vejo a hora de o inverno chegar. Neve é bem melhor que este calor... No inverno, basta colocar um monte de roupas e fica tudo bem... no verão, tira-se tudo e ainda fica esse calor maldito! Argh...
Um abraço melado pra vcs.
Tchau

Um comentário:

séfora disse...

abraço melado? Eca!
aqui tá um frio do inferno(do inferno não pq pensando bem , lá deve ser bem quentinho!)
não vejo a hora de entrar o calor!
(porque o pedro acorda as 6 da manhã eu eu tenho q levantar tb!)
eu gostava do frio qdo podia dormir bastante.no calor é só tirar a roupa.(não no seu caso heheh!)
p.s.: ODEIO cigarras!! uma só qdo aparece já me leva a loucura , imagine milhões delas...coisa do demo!

Pesquisar em blogues de brasileiros na Coreia

Resultado da pesquisa