Itens compartilhados de Juliano

sexta-feira, 19 de janeiro de 2007

Inverno

O inverno é tudo de bom! Como eu gosto disso! O "pobrema" é acordar de manhãzinha... Até o sol fica com preguiça e só comça a mostrar sua cara às sete e pouquinho. Isto é, se quero ter tempo pra tomar café, tomar banho, arrumar as coisas, pegar um ônibus que não esteja lotado e chegar com tempo suficiente pra conversar com os amigos e ir pra aula das nove, tenho que acordar quando ainda está escuro. Então, como é muuito chato fazer isso, acordo quase às oito, saio correndo, como no caminho, pego um ônibus quase lotado e chego às nove e pouquinho (com sorte, junto com a professora que deve ter feito o mesmo...).
Outra coisa com que fiquei um pouco chateado é que só nevou duas vezes até agora. Nevar mesmo, nevou mais, mas uma nevinha sem-vergonha que nem apareceu muito caiu algumas outras vezes. Neve, neve de verdade mesmo, só duas. Até agora. Mas tem tempo até fevereiro, quem sabe mais uma ou duas vezes?
A primeira vez que caiu neve, ou melhor Neve com N maiúsculo, estava no meu quarto e escutei um zumzumzum do pessoal nos corredores. Não sabia (e nem queria saber) do que estavam falando, mas então escutei a palavra mágica: "neve!". Olhei pela janela e os flocos eram quase bolas de pinguepongue. No pátio central entre os dormitórios já aparecia uma ou outra pessoa olhando pra cima, principalmente os que vieram de países ou regiões sem neve. Quando vi que o pessoal começou a descer, perguntei-me: "por que não unir-me a eles neste momento de tão belo espetáculo natural?" e uni-me. Desci e quando cheguei o chão já estava branquinho e algumas pessoas timidamente já andavam para lá e para cá olhando, passando a mão, fazendo bolinhas e... finalmente... arremessando tais bolinhas contra a cabeça (ou onde quer que acertasse) das pessoas! hehe Já eram cinco anos desde minha última guerra de neve (é assim que se diz em português?) e resolvi unir-me à batalha. Foi muito bom pra relaxar e esquentar sob os flocos brancos caindo do céu. Tirei fotos, levei boladas e mandei ver também. Ficamos nessa por mais de uma hora. Depois que todos já estavam cansados, alguém começou a fazer um homem de neve e este virou atração internacional: todos tiraram fotos com ele. Chineses, chilenos, russos, mexicanos, bengalis, costarriquenhos, azeris... e o brasileiro que vos fala. :)
Outra coisa boa do inverno é que agora tenho geladeira. Basta colocar as coisas perto da janela que não tem problema. Mesmo o quarto estando um FORNO com todas as letras maiúsculas, a janela, principalmente com um vãozinho aberto, torna-se uma ótima forma de se armazenar produtos perecíveis. E resfriar bebidas também. :)
O verão, ao contrário, é insuportável. É quente, úmido, quente, abafado, quente... Ah, já falei que é muito quente? Pois é, é quente pra chuchu. E entre os meses de agosto e setembro cai uma chuvinha (ironia) ininterrupta que parece que é jogada aos baldes do céu. Só molha menos que o suor produzido pelos seres que se aventuram a ficar fora do ar-condicionado. Por isso, eu ainda prefiro o frio. No frio, basta colocar roupa e tá bom. No calor, você tira tudo e ainda tá sofrendo! Ainda bem que o verão só dura 3 meses! O resto tá tudo bem!

Um comentário:

Mariana disse...

Poxa, muito legal seu blog, Juliano! Lembrei dos tempos em que o Isaac estava no Japão e também escrevia contando suas peripécias. Só pra vc saber, aqui no Brasil quase não faz mais sol. Juro! Só chove. Faz muito tempo que não vou ao CEPÊ. O tempo tá cada vez mais bizarro.
Muito legal as fotos do seu niver também. A comida coreana parece bastante apetitosa. E eu gosto de pimenta, mas em tudo....fiquei pensando: os coreanos devem sofrer muito de hemorróidas! rsss
Um abraço saudoso pra vc e pra Eun Bee.

Pesquisar em blogues de brasileiros na Coreia

Resultado da pesquisa