Itens compartilhados de Juliano

quinta-feira, 1 de novembro de 2007

Oi, gente^^ Lembram-se da prova?

Tudo bem com vocês? Espero que sim...
Eis-me aqui às 5 da manhã, revirando-me pra lá e pra cá pra terminar de escrever uma "prova" para hoje às 13hs. Espero que seja a última noite que eu tenha que virar por um bom tempo a partir de agora. Pelo menos até o fim do semestre... hehe
Pois é.
Hoje, muitas coisas aconteceram aqui na terra da Manhã Tranqüila (acho isso um absurdo, já que a Coréia é o país do ppali-ppali). Bem, levantei-me cedo depois de dormir por 4 horas, tomei meu desjejum (acho essa palavra divertida) e tentei escrever algo, mas como teria aula às 4 da tarde na SNU, resolvi sair mais cedo e lá fui para o metrô alegre e saltitante. Chegando à facu, botei minha papelada toda pra fora da mochila, esparramei pelas mesas do laboratório, e pus-me a escrever minhas humildes linhas em busca do conhecimento sintáCtico. Passado um tempo, chegou a tão esperada hora da aula de Lingüística Computacional, a primeira aula depois da prova (aqueeela prova, lembra?). Chegando lá, a primeira coisa que o professor comenta é exatamente isso. E põe-se a distribuir as danadas (e todo mundo com uma cara bem jururu). E não é que, quando tomo a prova em minhas mãos, vejo em números escritos em escarlate: setenta e cinco! Nóssinhora! Nem acreditei! Por mim, eu jurava que eu tinha tirado no máximo uns 40! Fiquei muito feliz com isso!^^ Valeu o dia!^^
Mas aí acabam-se as luzes, o pano da cortina desce e meu dia acaba. PUM.
O negócio é que, chegando eu faceiro em casa, pronto para pôr a mão na massa e terminar de uma vez por todas essa prova, abro a mochila e... cadê minhas anotações??? Ficou tudo no laboratório... Abre a mochila de um lado, abre de outro, vira de cabeça pra baixo.... nada. Só o livro (pelo menos isso, né?) e alguns textos que eu estava pensando em usar amanhã pra finalizar. Bom, como diria a Amélia: "o que se há de fazer?" Dirigi-me a meu trono, sentei-me, e pus-me a dedilhar o teclado do computador à busca do rascunho do trabalho, quando de repente, não mais que de repente, lembro-me que havia gravado o arquivo no meu pen drive, memory stick, usb, ou o que quer que você chame esse trocinho (o qual um amigo meu só chama de "pistolinha")(acabei de matar um pernilongo, mas isso não vem ao caso) e... esqueci o bendito plugado, bonitinho, no computador da faculdade. Fazendo companhia pros papéis que eu esqueci por lá, né? Não é bonitinho?
Pois é. (Hoje merece até repetição de "Pois é.")
Cá estou eu, às cinco e tanto da madrugada, esmigalhando meu cérebro pra poder escrever alguma coisa que preste nessa abençoada prova, já que vou ter de entregá-la às TREZE horas... Olha que eu não tinha pensado nisso... Será que é por isso que me deu azar?^^
Bom, como eu gastei todo meu cérebro, eu tô usando só os dedos pra escrever pro 6 aqui no blogue, repara não, viu, moço? Tô cansado pra dedéu, e já não me lembro direito de uma semana toda que eu consegui dormir pelo menos mais que 6 horas por noite. Ultimamente, nem isso... Se fosse assim, eu estaria alegrinho, alegrinho...
Mas, se mesmo assim você ainda acha que vale a pena sair do Brasil e tentar fazer um curso de pós-graduação aqui na Coréia, com tudo pago e quase algumas mordomias, prepare-se: fiquei sabendo que pra o ano (como dizem lá no interior), o governo coreano abriu 1000, isso mesmo, Sílvio!, MIL vagas para bolsistas estrangeiros aqui na Terra da Manhã Tranqüila (ou seria Serena? Em português não sei como é que fica... e também não tenho tempo de pensar agora.). Eu achei isso um pouco abisssurdo demais, mas, em se tratando dos coreanos, eu não sei não, eles só ainda não transformam água em vinho porque demora demais e eles querem tudo ppali-ppali...
Então, se vc quiser vir pra cá fazer seu MBA em inglês, dirija-se à junta consular mais próxima de sua casa e boa viagem! ;)
Abraços pra quem fica.
Fui.... pra facu, terminar a prova, às 6 da manhã! hehe

Um comentário:

cidao disse...

aeeeeeeeeeeeeeeee!!!
Parabéns, Juliano!
Poxa... fico feliz por você, viu!
Congratulations (desculpe, eu não sei falar coreano! huahua!)

Bem... pelo menos, você conseguiu uma boa nota na prova. Ou pelo menos uma normal (é que aqui, pelo menos na minha graduação... o mínimo é 70%. Fico triste com isso! hehe).

Que bom que abriram mais mil... espero que abram umas 300 só pro Brasil, coisa impossível.
Mas estou indo pra lá esses dias.
Espero que isso permaneça no fundo do poço da internet, para que eu seja escolhido! =)

Abraços!

Pesquisar em blogues de brasileiros na Coreia

Resultado da pesquisa